Food

Jantar de Dia dos Namorados e look de brechó

Todos os anos o boy que prepara nosso jantar de Dia dos Namorados e a cada ano ele fica melhor ainda a cada prato que ele faz.
Tenho pra mim que a paixão que ele tem pela cultura permite que ele se apaixone cada vez mais pela cozinha, culinária, gastronomia.

Ouvimos no Chef’s Table o Alex Atala dizendo que ouviu da Roberta Subbrack que a parte importante de um prato é o mise en place e que para o Alex Atala é mais do que preparar os ingredientes na hora de executar um prato, mas vem da terra, da agricultura. Pro boy, tenho certeza que o mise en place começa pelas experiências que ele já viveu ou quer viver, começa lá no estudo quando ele pega os livros pra ler e mais do que qualquer coisa, vem da curiosidade.

Sabendo disso e, agora, sabendo que comemoramos o dia dos namorados em casa com direito a tudo e mais um pouco que um grande restaurante pode nos oferecer, lhes apresento o menu de ontem.

Entrada:  Queijos da Canastra com mel e pimenta calabresa.
Se você gosta de queijos, vale a pena conhecer A Queijaria, foi lá que conseguimos nossos serra da Canastra que fica uma delícia com mel, mesmo sendo queijos de sabor forte.

IMG_7232 IMG_7242 IMG_7237

Prato principal: Tournedos Rossini.
Um clássico da culinária francesa, criado pelo chef Carême, o “Chef dos Reis” ou “Rei dos Chefs”, percursor da alta gastronomia e esse clássico foi criado em homenagem do compositor italiano Giochino Rossini, autor da ópera “O Barbeiro de Sevilha”. O prato é simples e com ingredientes sofisticados e na minha humilde opinião é magnífico.
O prato é um mignon servido com uma fatia de foie gras e um molho reduzido de vinho madeira, trufas negras e, como todo bom prato francês, manteiga, acompanhado por uma fatia de pão italiano quentinho.
Como eu disse, magnífico. O foie gras é suave e fica uma delícia combinado com o molho que é forte e o sabor das trufas é de outro mundo, uma iguaria e tanto, além disso aquela carne macia com pão crocante. Sério. De outro mundo.

IMG_7270 IMG_7271 IMG_7282

Sobremesa: Cheesecake de morango.
Apesar de não saber toda sua origem, sei que se tornou muito popular nos Estados Unidos e me remete instantaneamente a NYC. Sei que, é leve, saboroso e maravilhoso. O boy ainda colocou uma pitada de canela na massa e se você quiser testar é altamente recomendável. AMEI!

IMG_7298 IMG_7305

Vinhos: Aqui sou zero entendedora mesmo, só sei apreciar hahaha
Porca de Murça – Tinto 2014 | Meu conhecimento se estende a saber que é do Douro, uma região de bons vinhos de Portugal, e que o custo/benefício é muito bom também, além de bom não vai te dar dor de cabeça.
Castello D’Alba – Vinhas Velhas – Grande Reserva | Meu conhecimento sobre esse é apenas de que ele é muito gostoso e também é da região do Douro, além de ser um Reversa 2012.

IMG_7247 IMG_7288

Ah, quase me esqueço.
O look foi uma sobreposição de desapegos com um blazer de brechó que já apareceu por aqui.
Tanto a camisa como o tricô ganhei de dois amigos meus do trabalho, da Mauren e do Rigo, e o blazer lá dos Saereiros 😉

IMG_7261 IMG_7248 IMG_7262

Ah segue o boy:
instagram: @originis | snapchat: originis

IMG_7236

Sim, ele tem uma doma e, por mim, já pode ser chamado de chef <3

IMG_7238

 

Comentários: