Look

Chegou o friozinho

E chegou o tão esperado friozinho, que nos obriga a sair de lenço e cachecol, jaqueta e bota, mas calma lá gente, esse frio todo aí ainda não chegou, ainda não precisa sair de bota pelas ruas, deixa chegar nuns 19˚ pelo menos! Brincadeiras a parte, a gente sabe que você tem aquela bota bafo que vem até no joelho e se for esperar fazer um frio glacial corre o risco de não usar nunca, a gente também sabe que aquele sobretudo estruturado é lindo e você quer desfilar logo com ele, nem que você tenha que ir pra Campos do Jordão ou até mesmo aquele super colete de pele fake, lógico, tá aí te olhando com uma cara de namorada ciumenta que pergunta o que está acontecendo com o relacionamento de vocês, porque vocês não se olham mais, porque não passeiam mais. Mas calma que tudo tem seu tempo e logo logo faz um 16˚ e você sai por aí toda linda, elegante e sincera com suas must-have de inverno.

Mas, como nem tudo são flores, nem todo mundo tem essas roupas todas que você tem aí no seu guarda-roupa, pra gente (estou generalizando) pode até ser uma alegria 16˚, mas quem está nas ruas, quem não tem um teto ou até quem tem um teto, mas não tem toda essa rouparada que nós temos, é uma situação bem crítica, imagine você sem toda parafernalha de frio, sem cobertor.

Ai Xs, que exagero, ainda está fazendo 28˚ durante o dia! Tem razão, mas daqui a pouco vai começar a esfriar e podemos pensar mais sobre isso, existem tantas formas de ajudar, doar as roupas em bom estado, comprar nos brechós que ajudam outras pessoas, desapegar aquele monte de roupa que você não vai desfilar mais, sabe? Aqueles esquecidos no seu guarda-roupa!

Mas enquanto temos o friozinho, vamos separar nossos desapegos pro friozão!
Hoje o look tem duas peças de brechó, a sainha do desapegos da Lu, porque a gente entende que você engordou ou emagreceu e tem apego emocional por aquela roupitcha linda e não consegue simplesmente doar, a gente entende e adora quando você desapega da peça-amor e a camisa jeans das Casas André Luíz, que eu amo e atende gratuitamente pacientes com deficiências intelectuais.

Então resumindo: Fazer o bem, se vestir bem e pagar pouco é a fórmula de sucesso pra esquentar esse friozinho e o friozão que ainda vai vir 🙂100_2863   100_2867 100_2869 100_2872 100_2873 100_2875  100_2881 100_2871 100_2879

Minha mãe que tirou as fotos e não tem como não rir com essa figura!
BeijoX

Camisa jeans: R$4,00 nas Casas André Luíz / Saia: R$20,00 no Desapegos da Lu

 

 

Comentários: